A SOGENAVE escolheu as caixas de plástico com arcos posicionáveis da psaplast.com para a sua cadeia de abastecimento de frutas e legumes.

No nosso país está ainda muito generalizado o uso de grades empilháveis (que não encaixam, nem se rebatem em vazio) ignorando-se os elevados custos de manuseamento das grades vazias nas seguintes etapas:

 

- Ao carregar as grades vazias recolhidas no cliente.

- Ao descarregar as grades no produtor.

- Ao manusear as grades até ao local onde são armazenadas.

- Ao manusear as grades até ao local onde voltam a ser carregadas.

A Sogenave assegura a distribuição porta a porta de um cabaz alimentar a clientes na Restauração Social (empresas, escolas, hospitais, prisões e função pública), aos canais Hiper/Super, Grossista, e Horeca (hotelaria, restauração e catering).

A escolha da Sogenave recaiu sobre as caixas de plástico encaixáveis em vazio, empilháveis sobre arcos posicionáveis.

Os arcos posicionáveis são fabricados num polímero de engenharia reforçado com fibra de vidro, o que lhes confere rigidez e resistência para suportar o peso dos contentores que são empilhados sobre os arcos. Para arrumação em vazio, os arcos são recolhidos, de forma a encaixar as caixas de plástico umas dentro das outras.

Os factores determinantes para a escolha da Sogenave foram os seguintes:

 

- As paredes planas das caixas de plástico com arcos permitem maximizar o volume disponível quando comparadas com as das caixas de plástico empilháveis e encaixáveis por rotação de 180º.

- O recolhimento dos arcos para encaixe, ou o seu posicionamento para empilhamento é muito mais prático do que as operações necessárias para armar e desarmar caixas de plástico de tipo rebatível.

 

Com efeito, o recolhimento ou o posicionamento dos arcos é extremamente rápido, fazendo-se com os polegares ao mesmo tempo que o operador agarra a caixa pelas pegas para a manusear; Desta forma não há nenhum tempo perdido e a repetição da operação ao longo do dia não provoca cansaço ao operador.

Notícias